Pequenas Empresas Fazem Cupcakes Para Crescer

cupcakes-como-fazerNão é novidade que desde que os cupcakes chegaram no Brasil em meados de 2006, toda a indústria de bolos e doces ficou com os dois olhos bem abertos nessa possível oportunidade de crescimento empresarial. Atualmente as pequenas empresas que atuam em sua maior parte fazendo receitas de cupcakes já representam uma fatia significativa da movimentação da economia do Brasil e mais de 15% dentre as empresas que atuam no seguimento de doces variados.

Um grande atrativo para a criação de pequenas empresas nesse segmento está no baixo valor de investimento para tornar-se um franqueado de alguma rede já consolidada no mercado. Entretanto, assim como qualquer outro modelo de negócio, é preciso que a pessoa tenha interesse na área de culinária e gastronomia, para poder estar sempre buscando a inovação na cozinha e nunca estagnar pois os consumidores do século XXI estão cada vez mais exigentes, não só sobre a questão de qualidade mais também em variedade e quantidade.

O SENAC vem ajudando uma grande quantidade de alunos universitários que veem no modelo de negócio dos cupcakes uma oportunidade para dar os seus primeiros passos rumo ao crescimento profissional e que possuem a ambição de sair da faculdade já com algum projeto iniciado em parceria com seus colegas de classe.

Muitos profissionais experientes afirmam que hoje em dia, trabalhar apenas fazendo cupcakes pode ser extremamente arriscado e que se faz necessário apresentar outros produtos mais tradicionais como por exemplo brigadeiros, cocadas, churros etc… Caso você escolha montar seu estabelecimento de maneira mesclada entre doces e salgados tais como coxinhas, rissoles e pastéis  sua probabilidade de manter-se estável no mercado subirá consideravelmente, visto que eles funcionam como uma espécie de plano B para quem não é muito chegado nos cupcakes propriamente ditos e acabam permitindo que você retenha o capital daquele cliente que entrar na sua loja.

Todavia, existe uma outra corrente que aposta na especificação da sua loja para obter maior sucesso como uma pequena empresa. Isso trará um maior reconhecimento ao seu Branding e fará com que o seu negócio acabe se tornando uma referência na cabeça dos consumidores que desejam consumir eventualmente, um cupcake de qualidade. O contraponto dessa estratégia de negócio estaria na questão de “colocar todos os ovos numa cesta” e caso o público que frequente os arredores de sua loja não tiver tanto interesse em consumir esse doce, seu negócio não sustentaria devido a ausência de um plano B como o descrito anteriormente.

O investimento em cupcakes realmente está fazendo muitas pequenas empresas crescerem no mercado, porém, é importante refletir se essas empresas que estão crescendo apresenta a especialização ou a diversificação como modelo de negócio.

 

Leitura da Bíblia Nos Dias de Hoje

Nos últimos anos o comportamento do ser humano mudou drasticamente devido à evolução tecnológica do século XXI, consequentemente o modo como vivemos e fazemos as coisas também foi alterado.

Dentre todas as mudanças que essa evolução nos trouxe, também percebemos que o modelo tradicional de aprendizado bíblico foi alterado, modernizado e adaptado para as novas tendências sociais.

Leitura-Da-Bíblia

Hoje em dia, conseguimos facilmente ter acesso às passagens da Bíblia, imagens para nossos sermões evangélicos e até vídeos em formato de tutoriais feitos por pastores e presbíteros que ensinam através de novas metodologias como você pode fazer para ler a entender os preceitos bíblicos de uma maneira mais simples e rápida. Todas essas informações podem ser visualizadas entrando na Internet e procurando por Sites e Blogs relacionados ao tema que desejar.

Apenas alguns segundos separam um verdadeiro oceano de informações detalhadas sobre os melhores métodos e ensinamentos para quem deseja evoluir seus estudos bíblicos ou melhorar suas técnicas de oratória e comunicação com o público.

Vale a pena lembrar que a influência da Internet está trazendo novos jovens para o estudo do Evangelho, justamente por causa dessa transmissão de informações mais moderna, que ensina como ler a bíblia numa linguagem mais simples e principalmente focada na interpretação subjetiva que é foco principal dos estudos evangélicos.

Assim como tudo na vida, essa modernização trouxe consigo um lado positivo (inclusão e facilidade) e negativo (perda de relacionamento entre as pessoas). Todos nós já reparamos que as pessoas não se olham mais e nem conversam como antigamente.

Ao mesmo tempo em que estamos todos conectados e com acesso a uma infinidade de informações, vivemos completamento desconectados de relacionamentos.

Justamente agora, que temos a possibilidade de encontrar o melhor conteúdo já visto pela humanidade sobre amor e amizade, a qualquer momento, em poucos segundos… Simplesmente não temos mais tempo para aplicar esses conceitos em nosso dia a dia.

Será que essa nova geração que está estudando a bíblia pelos mais variados aparelhos eletrônicos, conseguirá recompensar nossa geração atual e restabelecer o peso na balança entre a teoria e a praticidade ou essa tendência predominante onde a teoria se sobressae será cada vez mais acentuada ?

Somente o tempo pode nos dizer, particularmente eu espero pelo restabelecimento no peso da balança e que os estudos da bíblia sejam mais praticados na vida real do que na virtual. Uma combinação poderosa está nas mãos da humanidade, cabe a ela dosar esse equilíbrio.